Hoje é dia de conscientização

5 jun 2017
Comunicação CI
644
0

 

O meio ambiente, atualmente, é visto como um tema “clichê”, muitos não se importam ou não mesmo suportam ouvir falar sobre o tema ou discutir sobre o assunto, visando toda essa dificuldade, e esse tabu que, infelizmente, ainda existe, viemos debater sobre a necessidade que ainda hoje existe de conversar sobre esse tema. Por mais que seja abordado em todos lugares e espaços da sociedade, nós continuamos presenciando diversas dificuldades provocadas por pura falta de educação da sociedade e inércia de setores do governo responsáveis, mas, ressaltando, quando existem problemas que afetam o meio ambiente como um todo, todos nós somos culpados, quem fez é culpado de ter feito, e quem viu e ignorou é culpado de ter se omitido. Mas enfim, por mais que seja um conteúdo avidamente discutido, nós continuamos enfrentando diversos problemas, damos o exemplo do lixo jogado na rua, para o “jeitinho brasileiro” esse tipo de ato é feito por todos, então faz com que nos perguntemos, “por que não fazer também? ”, e de um em um, os bueiros e as ruas ficam recheadas de lixo, aumentando o dano de uma simples chuva, atrapalhando nós mesmos. Dá para perceber que mesmo sendo uma coisa cotidiana, falar de meio ambiente para a maioria das pessoas é “entrar por um ouvido e sair pelo outro”, as pessoas ouvem e continuam persistindo no erro, essas mesmas pessoas não se importam quando veem o número do desmatamento crescer, a taxa de queimadas aumentar, o nível dos mares e a nossa, para os nordestinos, querida temperatura.

Diversos fatores que nós podemos citar explicam as situações descritas no outro parágrafo, o principal é o aumento de índices de poluição patrocinado por diversos países que estão em colocações bastante avançadas quando se fala do Produto Interno Bruto, por isso mesmo, alguns não tem humildade suficiente para admitir o erro e superar. Todos esses fatores causam também o famoso buraco na camada de Ozônio que aumenta a temperatura, isso causa o derretimento das geleiras que provoca o aumento do nível do mar que acaba prejudicando os países que estão um nível abaixo ao mar, no nosso país podemos ressaltar o Rio de Janeiro, a própria cidade que é próxima ao mar e por mais alguns anos continuando nessa margem de poluição incessante de alguns países orgulhosos, acabaria por ser prejudicada e tomada pelas águas. Atualmente, nós podemos vislumbrar o Acordo de Paris que assinado por diversos países, prometem abaixar com as emissões de carbono provocada pelos principais países do mundo, a alguns dias atrás, o atual presidente dos Estados Unidos Donald Trump decidiu revogar a posição do país e sair do acordo, isso gerou uma mobilização por todo o mundo, os Estados Unidos sendo um dos principais países poluidores do planeta com um ato assim pode desencadear atos semelhantes por mais países que estão alimentados pela ganancia de não acalmar um pouco mais a sua economia, sendo algo extremamente grave na nossa situação, hoje, devemos decidir qual o futuro nós queremos para o nosso planeta se é um futuro curto alimentado por muitas riquezas e lucros, ou um futuro duradouro acompanhado de uma estagnação nos meios poluidores e a criação de uma forma inovadora e sustentável de movimentar as nossas economias. As consequências nós já visualizamos no decorrer do texto, o empobrecimento natural de um mundo tão vasto e a vida de diversas pessoas mudando bruscamente em prol de uma coisa que poderia ser evitada por uma melhor educação que todos poderiam dar em sua própria casa.

Em relação aos aspectos mencionados na matéria, podemos ressaltar a necessidade que ainda existe de falar do meio ambiente, um modelo sustentável de mundo precisa ser feito urgentemente para que nada seja prejudicado. A maioria dos países devem se juntar e se unir em prol de um desenvolvimento sustentável que preserve as riquezas naturais do mundo. A conscientização deve ser feita, inicialmente em nossa casa e, em seguida, em todos os meios e caminhos da sociedade, devemos aprender um novo jeito de cuidar da nossa cidade, denunciar todas as formas de acumular mais lixo nas ruas, ou problemas piores feitos por pessoas que julgam não ser “nada”, mas que, infelizmente, causa muitos problemas sim! É necessário nos ficarmos alertas ao proposito que é exigido quando se fala do meio ambiente, todos nós, e absolutamente, todos, devemos nos responsabilizar em ser agentes modificadores da forma em que o conteúdo é tratado atualmente, é importante sim, continuarmos falando, queiram ou não queiram, esse é um assunto que deve ser discutido em qualquer dia, hora e lugar. Muito se fala dos desastres que acontecem, mas o que realmente fazemos para modificar esse ciclo? Os desastres acontecem, como aconteceu em Mariana-MG, será que ainda falamos sobre isso? Bem, acho que não, a lama continua lá, e o momento em que modificar a foto de perfil no facebook estava na moda já passou, a empresa por um lado está impune e todos já esqueceram. Nós muitas vezes só prestamos atenção em assuntos importantes quando nos é conivente, não devemos ser assim, a todo o momento devemos ressaltar esses assuntos importantes. Se querem saber, se falamos tanto e os problemas continuam escancarados para todos, imaginem se por algum acaso não fizéssemos nada a respeito? “Pensai o melhor de mim, buscai o melhor de mim, farei o melhor de mim, para o que precisar o mundo”, frase tão repetida por alguns, e pouco posta em prática, mas, sobretudo, devemos nos transformar na mudança, e assim, ansiar por dias melhores.