SEE e Microsoft ampliam parceria na Abertura do Programa S2B 2015

24 abr 2015
Comunicação CI
1488
0

A Microsoft e a Secretaria Estadual de Educação selaram a renovação da parceria e a ampliação do Microsoft DreamSpark, nesta quinta-feira (23). O programa da Microsoft que apoia a educação técnica, fornecendo acesso a software Microsoft para fins de aprendizagem, ensino e pesquisa. Os softwares doados para 20 escolas da Rede Estadual tem o objetivo de auxiliar os estudantes de Escolas Técnicas de cursos de tecnologias, a aumentar sua capacidade criativa, utilizando-se de suas ferramentas de desenvolvimento.

“O benefício é que todos os alunos e professores tenha uma grande variedade de softwares para ser utilizado no aprendizado. O convênio anteriormente era com 10 Escolas e agora houve a adição de mais 10 Escolas beneficiadas pelo programa”, explicou Francinildo Kleyson, coordenador do Centro de Inovação da Microsoft na Etepam (MIC Etepam).

A renovação aconteceu durante a primeira fase do programa Students to Business (S2B), no auditório da Escola Técnica Agamenon Magalhães, localizada na Zona Norte do Recife, e contou com palestras ministradas por nomes do cenário acadêmico e corporativo local, como Gerente de Programas Acadêmicos e Centros de Inovação da Microsoft, Rodrigo Dias e o fundador do Células Empreendedoras, professor e coordenador do Programa de Educação Empreendedora da Universidade de Pernambuco (UPE), Genésio Gomes, que palestrou sobre a importância do empreendedorismo em Pernambuco.

Outros temas também foram trabalhados, como mercado atual de trabalho nas áreas de tecnologia de redes, informática, programação e desenvolvimento de softwares. O evento contou com cerca de 300 estudantes de escolas públicas da rede estadual, privadas e universitários, com idade entre 16 e 23 anos, do Recife e cidades da Região Metropolitana.

De acordo com Francenildo, ao final das palestras houve testes para seleção de ingresso de estudantes nos cursos de Desenvolvimento de Sistemas e Infraestrutura de TI oferecidos pela Microsoft. “Serão selecionados 36 candidatos para cada curso e todos podem concorrer. Ao final dos cursos será realizada nova seleção para desenvolvimento de projetos e após realização dos projetos os alunos receberão certificados que agregarão mais experiência ao currículo e mais preparo para o mercado de trabalho”, destacou o coordenador do MIC ETEPAM.

Fonte: SEE