A cultura e a influência de outros países são os fatores básicos da cultura angolana!

21 jul 2018
Comunicação CI
2771
0

A Angola é um país localizado no continente Africano e possui muitas diversidades culturais, mesclando suas antigas tradições com a modernidade mundial. Decorrendo disso, a sua culinária possui a tradicionalidade do seu colonizador Portugal, e de seu país irmão Moçambique. Com o decorrente processo de mundialização, a Angola que tem o português como língua predominante, começou a receber influências culinárias brasileiras recentemente, baseando-se principalmente nos típicos pratos regionais.

Os ingredientes mais utilizados para preparação dos seus pratos são os cereais, cultivados há séculos no país, além deles estão o painço (espécie de milho) e milho, feijão verde, inhame, abóbora-carneira e o quiabo. Já as frutas mais usadas são a melancia, o tamarindo e o fruto do imbondeiro (ou baobá), árvore que simboliza a fauna e a flora angolana. O azeite de dendê também é um importante ingrediente usado no preparo das várias receitas tradicionais.

Os pratos tipicamente preparados na cozinha angolana são:

Calulu: Feito com carne seca e outros ingredientes complementares – tomate, alho, berinjela e quiabo.
Dinhangoa: bebida tradicional preparada com água, farinha de mandioca e açúcar
Gonguenha: prato feito usando feijão, abóbora e caldo de ossos
Moqueca: A moqueca, muqueca ou poqueca é um cozido, geralmente de peixe, prato que também é típico da culinária brasileira
Mututo: planta cujas folhas são preparadas como guisado, temperado com tomate, cebola, alho e louro
Mufete: é um prato típico da ilha de Luanda constituído por peixe grelhado, feijão de óleo de palma, mandioca, banana pão, batata-doce e farinha musseque, acompanhado por molho de cebola com vinagre, azeite doce, gindungo e uma pitada de sal.
Pirão: é um prato tradicional das culinárias de Angola e do Brasil feito à base de farinha de mandioca.
Quibeba: guisado de choco, peixe, feijão ou carne seca, acompanhado de mandioca, batata-doce ou dinhungo
Sumatena ou Súmate: peixe seco ou carne seca assado na brasa, com molho de água morna dinhungo

Alguns turistas comentam que, Muitos são os pratos e temperos que garantem a culinária angolana um sabor excêntrico e especial. Existem restaurantes especializados nas regiões angolanas onde destacam-se os restaurantes localizados na região de Luanda, que concentram restaurantes onde se pode degustar dos mais gostosos pratos da culinária angolana. Uma ótima opção para se apreciar a comida e os pratos típicos da Angola, podendo assim experimentar as verdadeiras iguarias e temperos dessa região.
Se curtiu saber mais sobre um país que tem uma culinária próxima a nossa, se liga no site que já já vem mais!