Gastronomia Sul-africana, uma culinária repleta de sabores.

22 jul 2018
Comunicação CI
3081
0

A República da África do Sul, conhecida como África do Sul, é um país que se encontra localizado no extremo Sul da África, está entre o Oceano Atlântico e o Oceano Índico. É um país emergente, lá não existe uma cultura unificada, existem traços culturais europeus e africanos. Embora o inglês seja o idioma mais falado, há 11 idiomas oficiais. Mas vamos falar frisar na culinária agora? Que tal conhecer mais sobre as delicias Sul-africana?
A África do Sul, conhecida como Nação Arco-íris é sem dúvida um lugar maravilhoso, com diversidades gastronômicas que algumas podem até ser exóticas, mas quem prova admite que são saborosíssimas. A comida sofreu muita influência de grupos étnicos, a cultura indígena da região, nomeadamente das tribos Khoisan, Xhosa e Sotho. Não só esses, mas, também, os holandeses, os árabes e os britânicos deram um grande apoio a culinária Sul-africana.

Os Sul-Africanos são verdadeiros amantes de carne, desde um simples frango, como o frango assado que é servido nas ruas de Johannesburgo ou Joanesburgo, até aquelas mais exóticas, como a carne de jacaré, de avestruz e de springbok (cabra-de-leque ou conhecido cientificamente como Antidorcas Marsupialis). A culinária é bem rica em carboidratos e proteínas, mas no caso do peixe é visto em pequenas proporções, pois eles dão preferência às carnes saborosas e suculentas. Normalmente os carboidratos são à base de milho e eles são agregados numa espécie de purê conhecido como pap. Também há uma herança deixada pelos holandeses, ingleses e alemães, essa herança é a batata, muito utilizada por eles no preparo dos alimentos. O vinho também faz parte desta culinária, sendo que a África do Sul é um importante produtor desta bebida saborosa.

Você já ouviu falar sobre o Braai?

O Braai é um evento social, consiste numa espécie de churrasco, onde os homens preparam a carne grelhada na maioria das vezes, raramente a carne grelhada é confeccionada por mulheres, pois elas são responsáveis por preparar as saladas e as sobremesas. É um jantar de confraternização e ao mesmo tempo um ritual de troca de conhecimento e de histórias, bastante popular por lá.

Agora vamos conhecer um pouquinho das comidas típicas!?

Biltong: é um tipo de carne muito seca, são pedaços de carne, na maioria das vezes bovina, que são curados e bem secos. Até que por fim se tornam um tipo de snack bem comum na África do Sul. Esse método foi inicialmente criado para preservar o alimento. A carne é cortada em tiras grossas e depois são aplicados vinagre, sais e temperos como coentro, pimentas e cravos, são expostos ao sol para secarem ou são colocados em fornos elétricos para acelerar o processo.

Sosatie: é um tipo de Kebab, de origem dos Malaios do Cabo. São cortadas as carnes de carneiro ou de cordeiro em cubos, elas são bem marinadas em cebolas, apimentadas, levando pimenta, alho, curry e suco de tamarindo. Logo após, são assados os cubos de carnes em espetos.

Koeksister: é um docinho semelhante ao bolinho, existe dois grupos étnicos que têm seu próprio modo fazer, então existem duas versões do Koeksister. A versão dos Malaios do Cabo tem aparência oval e, após está frita, é mergulhada em xarope quente e polvilhada com coco ralado. Já a versão dos africâneres, a massa é trançada e frita, logo após a mergulham em um xarope frio de açúcar.

Melktert: influenciada pelos holandeses é uma sobremesa deliciosa e um das mais tradicionais, é uma espécie de torta de leite. A torta é com a massa bem fina, recheada com um creme que é feito com leite, açúcar, ovos e farinha, polvilhados com canela, mas com uma camada bem fina.

Chakalaka: Uma espécie de molho bem típico da região, mas não existe uma receita fixa. Cada um pode fazer da sua maneira. Trata-se de um molho apimentado de vegetais e quase sempre tem feijões em sua composição, assim como cebola, alho, tomates e curry e outros ingredientes que variam muito. É, geralmente, servido com pap, macarrão, pão, milho, carne ou qualquer outro prato típico da África do Sul.

Vemos quão rica é a cultura Sul-Africana, vemos que há uma riqueza gastronômica bem visível. Com delicias inigualáveis, essa é a Culinária Sul-Africana, uma verdadeira cozinha saborosa.