Devemos respeitar a todos, independentemente de sua orientação sexual, aliás, o mundo é plural.

18 maio 2018
Comunicação CI
1910
0

Você sabe a importância do dia 17 de maio? Esperamos que sim, mas se você não sabe, é bom continuar nos acompanhando para conhecer sobre esse dia tão importante. Então, ontem foi comemorado o Dia Internacional Contra à Homofobia, um dia que deveria ser celebrado por todos, pois não se deve julgar nem ofender alguém por qualquer que seja o motivo, isso não é uma questão de ideologia, isso é respeito aos direitos humanos. Continua lendo, vale a pena conhecer mais sobre essa data.
A Homofobia significa aversão irreprimível, repugnância, medo, ódio, preconceito que algumas pessoas, ou grupos nutrem contra os homossexuais, lésbicas, bissexuais e transexuais, ou seja, um ódio que uma pessoa ou um grupo sente só pelo fato da orientação sexual de uma outra pessoa, geralmente esses indivíduos sentem esse ódio por todas as pessoas que são LGBT’s.
É triste saber que em pleno século XXI ainda exista esse tipo de coisa, muitas vezes acontecem vários tipos de violência contra os LGBT’s. Eles são agredidos através da violência física, verbal e moral, psicológica, sexual. Muitas das vezes são ameaçados de morte, tentam assassiná-los, uma crueldade que não deveria existir.
A Homofobia é crime, existe uma Lei brasileira anti homofobia. A lei apresentada pelo Governador do Distrito Federal, Rodrigo Sobral Rollemberg¸ no dia 23 de junho de 2017, essa regulamentação proíbe a intolerância, a discriminação por motivo de orientação sexual. O próprio governador foi um dos autores, juntamente com mais três outros autores, a lei 2.615 de 2000 traz previsão de multas em casos de intolerância.
Mas por quê no dia 17 de maio? Então, anteriormente a homossexualidade estava inclusa na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID), mas no dia 17 de maio de 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu excluir. Logo após, a homossexualidade passou a ser considerada como um traço da personalidade, já não mais um distúrbio na mente.
Tendo em vista os aspectos observados anteriormente, podemos inferir que o ato de descriminação é crime, que existe uma Lei anti homofobia, a homofobia é crime e existe uma Lei brasileira vigente, que a homofobia fere os direitos humanos, que qualquer que ir de encontro irá pagar pelo ato. Então, depreendemos que temos que respeitar a todas as pessoas, isso independe de orientação sexual, etnia, religião ou qualquer motivo que seja. Respeito a todos os seres, independentemente de qualquer escolha feita pelo mesmo. Intolerância é crime.