ETEPAM recebe alunos do 9º ano de escolas municipais

10 out 2016
Comunicação CI
1480
0

Nos dias 6 a 8 de outubro de 2016, a ETEPAM abriu as portas para algumas escolas de ensino fundamental do 9°ano. A prefeitura do Recife em parceria com a Secretaria de Educação proporcionou aos estudantes das escolas de Ensino Municipal, algumas palestras e buscou despertar o interesse nos estudantes em concluírem o Ensino Médio em uma Escola Técnica de referência.

O Coordenador de Visitas Carlos Alberto Oliveira ressalta que, tais palestras estimulam a participação e profissionalização dos estudantes dentro de uma escola técnica. A Coordenadora Pedagógica Andreia Alencar expressa que um dos motivos das escolas estaduais estarem presente nesse evento é mostrar para os estudantes do 9° ano, que há várias opções de ensino para eles, além do ensino regular.
As escolas estaduais Gilberto Freire, Paulo VI, Arquiteto, Mario Melo, Almerinda Umbelina, Alexandre Muniz, Antônio Heráclito e Olindina Monteiro foram bem recebidas pelos estudantes da ETEPAM. As palestras ministradas envolviam a apresentação da escola ETEPAM, os projetos que a escola oferecia, apresentações dos cursos técnicos e apresentação do MIC ETEPAM representado pela estudante Paula Soares – 3ºComunicação Visual, mostrando as conquistas de alguns projetos, as categorias nas quais o MIC é dividido e o benefício de ser voluntária e fazer parte da Família MIC.
Além disso, aconteceram algumas apresentações abrangendo a Diversidade Religiosa, projeto esse, promovido pela Professora de Geografia da ETEPAM, Israely Baihé e elaborado pelas turmas de: 2º MSI; 2º DI; 2ºLOG. Com um breve vídeo elaborado pelos alunos de 3ºMSI mostrando o lado da Diversidade Religiosa com participações de alguns estudantes da ETEPAM, através de entrevistas, expressando de modo respeitoso o seu ponto de vista sobre esse projeto.

Veja alguns depoimentos dos estudantes visitantes:

“Achei interessante esse evento, pois desperta a curiosidade e mostra algo diferente sobre as escolas técnicas integradas, algo que nem eu mesmo sabia, e acredite já estou vendo as escolas técnicas com outros olhos. ” Maria Roberta (Escola Gilberto Freire).

“Gostei da estrutura da escola, é bem maior do que eu imaginava para uma escola técnica, e a palestra foi bem interessante. ”- Lucas de Sousa (Escola Gilberto Freire).