Das artes plásticas ao rock and roll: venha conhecer a história e as obras de Neilton Carvalho, guitarrista e artista da banda Devotos.

5 jun 2018
Comunicação CI
963
0

Hoje, dia 5 de junho, tivemos o prazer de receber o artista e compositor Neilton Carvalho, da banda Devotos. Neilton fez uma visita ao centro de inovação da Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães (Etepam) com o objetivo de conhecer o centro de inovação e rever a instituição a qual ele se formou em 93. Com uma personalidade única, Neilton se demonstrou bastante satisfeito com a evolução de nossa escola, ele também ressalta que é como se estivesse em um túnel do tempo vendo toda a evolução, iniciativa e criatividade dos jovens atuais, além de como nós conseguimos manter nosso projeto apesar de todas as adversidades.

Neilton Carvalho é recifense e passou a maior parte da vida na comunidade do Alto José do Pinho. Em sua infância não possuía dinheiro para comprar os brinquedos da moda, portanto ele mesmo construía seus brinquedos com latas, componentes eletrônicos, pneus e sucatas em geral. Na adolescência Neilton se interessou pela música, e como não tinha dinheiro para cursos começou a estudar por conta própria. Apaixonado pelo rock criou sua própria guitarra e começou a praticar. Neilton nos conta: “Eu não tinha dinheiro para comprar uma guitarra, mas a vontade de aprender e montar uma banda era maior. Comecei a comprar revistas estrangeiras sobre guitarras no Sebo da cidade, não sabia nada de inglês, eu ficava tentando entender como eu iria construir uma guitarra.” A mesma criatividade o levou para as artes – quando criança, com os lápis herdados de sua irmã, começou a copiar os desenhos animados que assistia na televisão. Influenciado pela máxima do movimento punk “Punk-Do-it-yourself (Faça você mesmo)” Neilton afirma: “Essa é a vida, se você não possui condições favoráveis, você precisa criá-las.”

Todo esse talento para a música é também demostrado nas artes plásticas. Ele afirma que sempre procura a “raíz das coisas”, o princípio pelo qual deu ideia ou início a tal coisa. Suas obras possuem traços característicos e marcantes, elas geralmente retratam a realidade das periferias do Recife e algumas criticam a sociedade. O artista afirma que a arte nunca irá morrer, e a cidade do Recife é uma resistência no quesito de relembrar e preservar as memórias culturais. Além disso, Neilton possui o incrível talento de unir suas múltiplas habilidades, ele próprio desenhava os slogans e desenhos das camisas da banda. Copiava-as uma a uma a mão, ele diz que sempre possuiu muita força de vontade para conseguir o que desejava.

Sua banda de rock, Devotos, é um grande sucesso reconhecido nacionalmente. A banda teve início em 1988 por Cannibal (baixo e voz), Neilton (guitarra) e Celo Brown (bateria), sobre o nome de “Devotos do ódio” , o nome seria mudado mais tarde pelo fato de muitas pessoas acharem que a banda fazia apologia à violência, e pelo contrário, as suas letras retratam a realidade das periferias do Recife além de críticas à desigualdade social. Entre os obstáculos que a banda enfrentou nos seus primeiros anos se encontravam a polícia, a repressão e a não-aprovação dos moradores do seu bairro pela eleição do seu estilo musical. O bairro Alto José do Pinho era o lar de “caboclinhos” e “grupos de maracatu” que eram importantes no carnaval. A imagem mediática das bandas de rock remetia à juventude de classe média. Quando os Devotos começaram a ter cobertura da imprensa isto se deveu em parte à desconexa percepção de ver um grupo de jovens de classe baixa fazendo hardcore/punk rock.

Com o tempo a relação da banda com a comunidade melhorou, já que demonstrou seu compromisso com a mesma atraindo abundante atenção da imprensa para muitas outras bandas dali e ao impulsionar a fundação de uma ONG chamada Alto Falante (um jogo de palavras, sendo “Alto” seu bairro no Recife), a que realiza projetos culturais e sociais.

Atualmente a banda toca em diversos estados do Brasil, além de realizarem muitos shows no carnaval do Recife. Este ano a banda completa 30 anos de existência, em comemoração será realizado uma exposição contando a história da banda, a primeira guitarra construída por Neilton, camisas da banda, obras artísticas e entre outros objetos da mesma. O evento, “A arte é um manifesto: Devotos 30 anos”, ocorrerá nos museus de arte moderna Aloísio Magalhães – Mamam, que fica em cartaz entre 09/05 a 15/07. O horário de funcionamento é de terça a sexta das 12h às 18h, sábados e domingos, das 13h às 17h.