Os trabalhadores do século XXI, ou não?

31 mar 2017
Comunicação CI
813
0

 

Hoje, dia 31 de março de 2017, a Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães, fez uma palestra sobre a paralisação que ocorreu em todo o país nesta sexta-feira, ocorreram contra a reforma da previdência, reforma trabalhista e a proposta da terceirização e como todos sabem, provocou com que as aulas de hoje fossem finalizadas às 13 horas, durante todo o dia, além das aulas, os estudantes participaram desta palestra com Walter Pessoa e Cintia Sales, professores da instituição e palestrantes, falaram por quase uma hora todas as propostas que estão sendo feita rapidamente pelo governo e simplesmente aceitas sem o aval ou a revisão de muitos cidadãos, por isso então, a desinformação que foi provocada pela rapidez nas ações desse governo faz com que alguns estudantes se confundam sobre diversos temas, a palestra propôs os prós e contras dessa reforma e tentou conscientizar e informar a todos sobre diversas praticas que acontecem muitas vezes e nem se ouve.

O objetivo da conversa foi esclarecer e despertar o lado crítico de cada pessoa, e fazer com que eles encontrem a sua própria opinião, sem direcionar a um lado, os aspectos observados ou tópicos abordados na palestra buscaram se aprofundar em cada assunto, porém principalmente na reforma da previdência que mexe de uma forma particular na vida de todo brasileiro que busca se aposentar, por cima, a reforma possui prós, acabar com o rombo da previdência segundo o governo, mas existem também contras, inclusive um deles é a forma como as pessoas vão se aposentar, 49 anos de contribuição e a idade mínima para se aposentar de 65 anos vai prejudicar diversas pessoas, ou simplificando, diversos trabalhadores que saem todos os dias da sua casa e sofrem a luta do dia-a-dia pagando impostos altíssimos e lutando por uma forma melhor de se viver, forma essa que jamais seria possível nesta realidade. Os palestrantes alertaram também a respeito da terceirização que é um grande mal a sociedade, isso faz com que as empresas terceirizadas não invistam na mão de obra ou simplesmente na qualificação dos funcionários, e contribui para que qualquer coisa seja mais barata, provocando um desbalanceamento enorme na nossa sociedade, além disso, indagaram também sobre os aspectos dos veículos midiáticos do Brasil e citaram inclusive que elas têm interesse e defendem apenas um lado da história. Buscamos então, trazer o máximo de conhecimento possível, não importa se você apoia ou não apoia, nós devemos sempre conscientizar e deixar com que as pessoas encontrem as suas próprias e verdadeiras opiniões.