Todos temos cultura

17 abr 2017
Comunicação CI
976
0

Hoje em dia a palavra cultura está sendo desvalorizada, perdendo a sua essência, utilizada de forma inadequada e banal. Hoje viemos através dessa matéria mostrar que a cultura é muito importante, ela é a nossa identidade. Hoje, 17 de abril de 2017, iniciaremos por mais uma semana o nosso projeto que aborda temas diversos na segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira, falando sobre os aspectos históricos e o que realmente é a Cultura.

A cultura está relacionada a sociedade, é o conjunto de padrões de comportamentos, crenças, conhecimentos e costumes que distinguem um grupo social. Não existe um povo que não tenha uma cultura, afinal, a cultura é o que nos define. Todos nós temos um modo de viver, uma maneira de pensar, uma culinária, uma história, isso varia de acordo com o meio em que vivemos, portanto, não podemos dizer que não temos uma cultura.

Existem diversas culturas espalhadas ao redor do mundo, hoje destacaremos a cultura oriental e a ocidental, iremos mostrar as suas diferenças.

. Cultura oriental: É uma cultura bem diferente daquilo que estamos acostumados a contemplar, muitas vezes achamos estranha, pois vemos suas vestes, sua culinária, seus costumes em geral são distintos comparado ao nosso. Mas como todas as culturas ela possui uma história. De forma resumida, vamos falar sobre os mangás, a religião e as artes marciais.

O Mangá, é um estilo oriental de HQ (História em Quadrinhos), foi criado na China, mas foi no Japão que os mangás ficaram mais conhecidos. Chegou no Brasil em torno de 1970, com o mangá ” A princesa e o cavaleiro”. Existem dois tipos de mangá, o shoujo mangá (mangá para meninas) e o shounen mangá (mangá para meninos).

A religião oriental não é única, ao contrário do que muitos pensam ela é constituída por várias filosofias e crenças, entre elas estão: o confucionismo, o budismo, o islamismo, o catolicismo, protestantismo, taoísmo, o chamanismo e a religião dongba.

As artes Marciais são conhecidas no oriente como Wushu, diz-se que a maioria das artes marciais são baseadas nos ensinamentos de Bodhidharma, que viveu alguns anos no Templo Shaolin, localizado na província de Henan, na China. Kung fu, Baguazhang, Hsing-I Chuan, Tai Chi Chuan, I-Chuan, Wing Chun, Wushu, Shaolin Quan, Bajiquan, Suai Jiao, Chin-Na e Sanshou são apenas algumas das diversas lutas existentes no oriente.

A culinária é bem exótica e diferente do que estamos acostumados a saborear, mas não é só isto, existem vários pratos deliciosos e que tem forte presença no solo brasileiro, podemos destacar, o sushi, nigiri, norimaki, sashimi e iakisoba.

. Cultura ocidental: Entende-se a cultura ocidental como o conjunto de todas as manifestações culturais desenvolvidas ao longo da evolução histórica da Civilização Ocidental. Neste sentido, o Ocidente não é visto apenas como uma mera regionalização mundial obtida do ponto de vista geográfico, mas um conceito mais amplo, relativo mesmo a uma certa ideia de sociedade que foi vista e celebrada pelos povos ocidentais. Acredita-se que este tipo de sociedade tem suas mais profundas raízes na Civilização grega, considerada fundadora do pensamento e da cultura ocidentais.

As principais línguas faladas no continente ocidental são: inglês, francês, alemão, italiano, espanhol, holandês (neerlandês), português, sueco e finlandês.

Em relação a religião podemos destacar o hinduísmo, o budismo, o taoísmo, o confucionismo e o xintoísmo.

As linguagem mais utilizada são o inglês, o holandês, o africâner, o alemão, o frísio e o iídiche.